Literatura Brasileira

Viaje na literatura: 5 destinos onde escritores nasceram e viveram

Onibus BlaBlaCar
Índice de Conteúdo
  1. Porto Alegre (RS)
    1. Mário Quintana
  2. Itabira (MG)
    1. Carlos Drummond de Andrade
  3. Taubaté (SP)
    1. Monteiro Lobato
  4. Cidade de Goiás (GO)
    1. Cora Coralina
  5. Petrópolis (RJ)
    1. Stefan Zweig

Já pensou em seguir a rota de escritores famosos e conhecer os lugares onde eles nasceram e viveram?

Pensando na feira literária que acontece em Paraty entre 29 de junho e 3 de julho, criamos uma lista de cidades para quem gosta de ler e viajar.

Porto Alegre (RS)

Mário Quintana

Literatura Brasileira
Hotel Majestic - Porto Alegre, RS / Fonte: ipatrimônio

Mário Quintana (1906-1994) foi um poeta, tradutor e jornalista brasileiro, conhecido por sua sensibilidade poética e seu estilo lírico.

código de desconto

Nascido no Rio Grande do Sul, Quintana se destacou por sua habilidade em capturar as sutilezas da vida cotidiana e transformá-las em poesia.

Sua obra é marcada por uma grande acessibilidade e universalidade, abordando temas como o tempo, a solidão e a infância.

Mário Quintana morou no Hotel Majestic, às margens do Rio Guaíba, em Porto Alegre, entre 1968 e 1980.

Atualmente, o prédio abriga a Casa de Cultura Mario Quintana, com um museu em homenagem ao poeta, e a reprodução do último quarto onde ele se hospedou.

Itabira (MG)

Carlos Drummond de Andrade

Literatura Brasileira
Carlos Drummond de Andrade / Fonte: minasgerais.com.br

Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) é considerado um dos maiores poetas da língua portuguesa e uma figura central do modernismo brasileiro.

Sua obra abrange não só poesia, mas também crônica e conto. Drummond explorou temas como o amor, a morte, a passagem do tempo e as contradições do ser humano, sempre com um olhar crítico e muitas vezes irônico sobre a sociedade.

Carlos Drummond de Andrade nasceu em Itabira, a 80 km de Belo Horizonte. Os locais que fizeram parte da vida do escritor compõe os “Caminhos Drummondianos”, rota de 7 km pelas ruas da cidade mineira.

É possível fazer o percurso com artistas locais que declamam poesias durante o roteiro. Mais informações pelo telefone: (31) 3835-2156.

Taubaté (SP)

Monteiro Lobato

Literatura Brasileira
Sítio do Picapau Amarelo - São Paulo / Fonte: Prefeitura Municipal de Monteiro Lobato

Monteiro Lobato (1882-1948) foi um importante escritor e editor brasileiro, conhecido principalmente por sua série de livros infantis sobre o "Sítio do Picapau Amarelo".

Lobato foi um pioneiro na literatura infantil no Brasil, criando personagens icônicos como Emília, Pedrinho e a Cuca.

Além de sua literatura para crianças, Lobato também escreveu importantes obras para adultos, focadas em temas nacionais e na crítica social.

Comprar Passagem de Onibus

O Sítio do Picapau Amarelo não existe apenas nos livros de Monteiro Lobato. Em Taubaté, onde Lobato nasceu, há um sítio homônimo que ocupa uma antiga propriedade do avô do escritor. Lá funciona o Museu histórico, folclórico e pedagógico Monteiro Lobato.

O sítio fica na Av. Monteiro Lobato, s/n. Mais informações sobre visitas aqui.

Cidade de Goiás (GO)

Cora Coralina

Literatura Brasileira
Casa de Cora Carolina / Fonte: Museu Cora Carolina

Cora Coralina (1889-1985), pseudônimo de Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, foi uma poetisa e contista brasileira.

Suas obras foram publicadas tardiamente em sua vida, mas rapidamente ganharam reconhecimento por sua autenticidade e força lírica.

Coralina tirou inspiração de sua vida simples em Goiás para escrever sobre a resistência e a força das mulheres, a vida rural e as tradições brasileiras.

A casa onde Cora Coralina morou, às margens do rio Vermelho, abriga um museu em sua homenagem.

Lá há objetos simples que descrevem a rotina da escritora: a cama onde dormia, seus vestidos e materiais para fazer doces.

A casa fica na Rua Cândido, 30. Mais informações pelo telefone: (62) 3371-1990.

Petrópolis (RJ)

Stefan Zweig

Literatura Brasileira
Casa de Stefan Zweig / Fonte: Wikipedia

Stefan Zweig (1881-1942) foi um escritor austríaco de enorme sucesso nos anos 1920 e 1930, conhecido por suas novelas, biografias e ensaios. Ele se exilou no Brasil durante a 2ª Guerra Mundial.

Zweig escreveu sobre figuras históricas e temas psicológicos com grande sensibilidade e insight. Sua obra abrange uma variedade de gêneros e estilos, sempre com um foco na condição humana e nas emoções pessoais.

Ele escreveu “Brasil, um país do futuro”, ajudando a propagar essa ideia que muito usamos para descrever a nossa terra.

A casa onde ele e sua esposa viveram seus últimos dias abriga um memorial ao autor e aos exilados que deixaram a sua marca na cultura brasileira.

A casa fica na Rua Gonçalves Dias, 34. Mais informações sobre visitas aqui.

Bruna Diniz

Especialista em Marketing

Instalar App BlaBlaCar

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tu valoración: Útil

Go up